sábado, 18 de janeiro de 2014

Adriane Galisteu mente quando diz que foi excluída do funeral de Ayrton Senna

Adriane Galisteu e seus fãs criaram uma história falsa sobre o funeral de Senna

As imagems provam exatamente o contrário: Adriane Galisteu não foi excluída do funeral de Ayrton Senna, isso é uma mentira que os fãs de Adriane Galisteu gostam de dizer, a fim de fabricar uma bela história da pobre moça que estava namorada de um homem rico, jovem e bonito e que foi excluída por sua família durante o funeral... Uma mentira. Ela não foi excluída .

Como a imagem mostra, Adriane Galisteu estava usando o emblema com um " F ", o que significa " Família" durante o funeral de Ayrton Senna em São Paulo, no 5 de Maio de 1994. Ela também foi autorizada a prestar homenagem a ele e dizer -lhe adeus , podendo aproximar-se do caixão, como a segunda imagem mostra .


Adriane Galisteu foi autorizada a prestar homenagem a Senna e dizer -lhe adeus, podendo aproximar-se do caixão no funeral

Estas imagens foram publicadas originalmente na revista "Caras", após o funeral de Senna, de maio de 1994, após a sua morte no Grande Prêmio de San Marino, em Imola, Itália. 





Desde então, Adriane Galisteu se tornou muito famosa no Brasil, antes de mais nada por vender a vida privada de Senna e todos os detalhes para a imprensa, a partir de Junho de 1994, enquanto ela estava hospedada na casa de Braguinha em Portugal. 


Adriane Galisteu no lançamento do livro "O caminho das borboletas", Novembro 1994

Mais tarde, ela lançou um livro "O caminho das borboletas" e posou nua para a Playboy em 1995, todos estes contratos foram obtidos graças a sua fama como a última namorada de Senna , ganha apenas depois de sua morte graças ao livro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...